logo fundação são josé
Portal do Aluno

Psicologia

Psicologia

Imagem Psicologia

Denominação

O curso de Psicologia confere ao graduado diploma Psicólogo.

Sobre o curso

Habilitar psicólogos para o exercício de suas atribuições profissionais, com competência e responsabilidade ética e socioambiental, perante as organizações e instituições, bem como indivíduos e grupos, que compõem a sociedade, a fim de que, a partir de uma visão crítica, usem os conhecimentos psicológicos com propriedade nos diferentes contextos que requeiram investigação, análise, avaliação, prevenção e atuação, tanto nos processos psicológicos, quanto nos psicossociais, visando à promoção da qualidade de vida. Este é um desafio pensado pelo UNIFSJ no sentido de atender a uma demanda que não está concentrada nas grandes metrópoles, mas presente também no interior do Estado do Rio de Janeiro, sempre em movimento expansionista.

Tal realidade se comprova pelo número crescente de cargos a serem ocupados por psicólogos na esfera administrativa e judicial, o que se constata, por exemplo, na exigência da avaliação de aptidão psicológica para a contratação de pessoal, em âmbito da iniciativa privada e do poder público. Além disso, o psicólogo é requisitado para compor equipes multiprofissionais nas diversas instituições, bem como para participar da produção científica pela comunidade acadêmica local, evidenciando a demarcação do espaço da Psicologia no diálogo permanente com outras áreas do conhecimento. O Curso de Psicologia oferecido em Itaperuna visa, ainda, à formação continuada de profissionais da Psicologia, através dos Eventos que promove, e atender à comunidade, por meio da atuação dos graduandos nas escolas, nas organizações e na clínica-escola.

Desse modo, o Curso de Psicologia do UNIFSJ tem a finalidade de formar psicólogos para atender às carências de profissionais nesta área, numa localidade que se coloca, geograficamente, de modo privilegiado, unindo os Estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais, atendendo, portanto, a uma necessidade locorregional. Trata-se do primeiro curso de graduação em Psicologia da região que vem, desde a sua implementação, enriquecer sobremodo o Polo Educacional itaperunense. Espera-se disponibilizar, para a sociedade, profissionais capazes de atuar em diversos segmentos da sociedade, cumprindo seu compromisso social, ético e de cidadania, baseado na compreensão aprofundada dos fenômenos psicológicos.

A partir da regulamentação da Psicologia no Brasil e também com as mudanças implementadas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Psicologia, surgem novas possibilidades para oferecer uma formação voltada para o compromisso social ético e responsável. É uma nova fase da História que exige profissionais com uma formação diferenciada, para se constituírem em propugnadores e impulsionadores do desenvolvimento das instituições brasileiras.

O Curso de Psicologia, alicerçado nesta referência, constitui-se numa ferramenta valiosa para a formação do profissional da área, como também, para a formação de consciências afinadas com as constantes e necessárias mudanças e evoluções no mundo significativo do mercado de trabalho local e regional. Concomitantemente com o cenário atual de expansão e reformulação para a prática do psicólogo, observa-se também um cenário nacional e, por que não dizer mundial, de sofrimento psíquico ante as graves crises que assolam a humanidade. A questão da saúde mental, por exemplo, atravessa todas as instâncias sociais, não faz distinção de credo, raça ou condição socioeconômica, não exclui ninguém, porque atinge o ser humano naquilo que ele tem de mais íntimo, como seus pensamentos, suas emoções e seu comportamento, atingindo sua subjetividade.

Abrem-se, assim, as possibilidades para a atuação do Psicólogo como profissional ético e responsável, preparado para lidar com a escuta e o atendimento ao outro em uma relação de respeito à diversidade e à subjetividade, seja nos consultórios, nos espaços públicos de atendimento à saúde mental, em PSF, CAPS, NASF, entre outros programas de atenção psicossocial, assim como nos hospitais, empresas, escolas, espaços judiciários e em outras diversas áreas onde se fizer necessária a sua intervenção.

O Curso de Psicologia do UNIFSJ pretende formar profissionais conscientes de seu papel como agentes sociais ativos capazes de compreender que uma das formas de se pensar numa sociedade menos excludente, mais igualitária, com melhores e maiores possibilidades de emancipação e autonomia, sob uma ótica humanística, é entender que será por meio de sua atuação que se poderá, talvez, minimizar os problemas vividos pela sociedade brasileira, tais como violência, exclusão social, sofrimento psíquico, agravos à saúde, entre outros.

O Curso de Psicologia centra sua atenção no graduando como sujeito da aprendizagem e na atuação do professor como facilitador e mediador do processo de ensino e aprendizagem, buscando a formação integral e adequada do corpo discente e estimulando a formação continuada do corpo docente, por meio da articulação entre o ensino, a pesquisa e a extensão, tripé sobre o qual se assenta a filosofia institucional. Em observância às Diretrizes Curriculares Nacionais, no intuito de aproximar o profissional de sua realidade, busca-se instrumentalizá-lo com habilidades previstas na estrutura curricular do curso, a fim de capacitá-lo para articular conhecimentos e informações, desenvolvendo competências para o exercício da profissão.

Considerando tais orientações, o Curso visa formar um profissional capaz de atuar eticamente na sociedade de forma crítica, de tomar decisões e de implantar soluções para os problemas que identifica, a partir da compreensão da realidade social, cultural e econômica de seu meio. Contribui, portanto, no atendimento das necessidades da região de sua abrangência, bem como das demais regiões em que estão inseridos os futuros egressos.

Assim posto, o compromisso social se justifica pelas seguintes razões: a exigência de profissionais com competência técnica e humanística para atender às demandas de indivíduos ou grupos em diferentes contextos no que tange aos fenômenos psicológicos; a necessidade de profissionais aptos para atuarem em equipes multidisciplinares em instituições e organizações públicas e/ou privadas e o desenvolvimento da Psicologia como ciência e profissão, por meio da qualificação dos graduandos para a prática profissional.

Ato Legal

Parecer do Conselho Estadual de Educação N° 221/2005 de 12-05-2006 com publicação no D.O. em 24-05-2006.

Número de vagas

80 vagas anuais

Turno de Funcionamento

Noturno

Carga Horária Total do Curso

4.013 horas

Tempo de Integralização

10 semestres letivos

Modalidade

Presencial

Objetivos do curso

O Curso de Psicologia do UNIFSJ, ancorado nas legislações pertinentes, objetiva capacitar o futuro psicólogo com sólida base científica, cultural e social, com capacidade para análise e reflexão sobre os fenômenos psicológicos em suas interfaces com os fenômenos biológicos e sociais, fundamentais para o exercício da cidadania e da profissão.

O Curso de Graduação em Psicologia do Centro Universitário São José de Itaperuna, com base nas Diretrizes Curriculares Nacionais e com o intuito de prover competências e habilidades ao estudante, tem por objetivos habilitar o graduando para:

I. desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde psicológica e psicossocial, em nível individual e coletivo, compondo equipe inter e multiprofissional, quando a situação assim requerer, estando apto para assumir posições de liderança;

II. atuar profissionalmente, a partir de uma análise de seu campo de atuação e do contexto em suas dimensões institucional e organizacional, observando padrões de qualidade e princípios da ética, respeitando o direito à vida e à cidadania, tendo em conta que a responsabilidade da atenção à saúde não se encerra no ato técnico, mas prevê o enfrentamento do problema de saúde, tanto em nível individual como coletivo;

III. tomar decisões, visando ao uso apropriado e ao custo-efetividade da força de trabalho, de equipamentos, de procedimentos e de práticas, baseando-se em competências e habilidades para avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas a cada situação apresentada em seu cotidiano profissional, por meio de iniciativas que faz dele um empreendedor, gestor, empregador ou líder em equipes de trabalho;

IV. ser acessível e manter a confidencialidade das informações a ele confiadas no exercício de sua profissão, na interação com outros profissionais de saúde e com o público em geral, bem como favorecer a construção de vínculos em seu meio profissional;

V. pesquisar acerca do fenômeno psicológico em estudo, consultando diversas fontes; interpretar as informações científicas encontradas, adequar à sua investigação métodos e técnicas, instrumentos e procedimentos na coleta de dados, estando apto a processar tais dados com o auxílio de cálculos estatísticos e dos recursos da informática para levar o conhecimento produzido em sua prática à comunidade acadêmica, seja por meio de sua participação em eventos nacionais e internacionais, seja através da divulgação de suas pesquisas em periódicos e livros em meio impresso e/ou digital;

VI. responsabilizar-se por sua formação e por sua prática, fazendo da educação permanente uma constante e uma inspiração para as novas gerações de psicólogos;

VII. diagnosticar; avaliar processos psicológicos de indivíduos, grupos e instituições, que implicam cognição, comportamento e afeto, de modo que sejam observadas as diferenças individuais e socioculturais, quando se tratar de processo grupais; elaborar questões e planejar ações com base em referenciais teóricos e metodológicos; realizar orientação, aconselhamento psicológico e psicoterapia; elaborar declarações, atestado psicológico, pareceres e laudos, enfim, documentos, adotando como princípios norteadores as técnicas da linguagem escrita e os princípios éticos, técnicos e científicos da profissão.

O Curso está, assim, estruturado sob a relação tríade entre os objetivos, a matriz curricular e o perfil profissional do egresso, atrelados ao contexto educacional regional/nacional, visando, através dos conteúdos curriculares, promover aquisição de conhecimentos pontuais com vistas a uma práxis qualitativa enquanto profissional da área.

Perfil profissional do egresso

O perfil do acadêmico do Curso de Graduação de Psicologia, coerente com a missão do Centro Universitário São José de Itaperuna, não se limita a preparar indivíduos para a atuação no mercado de trabalho, mas, sobretudo, formar um profissional com a capacidade para análise e reflexão sobre os fenômenos sociais, econômicos, culturais e políticos do país, que contribua para a realização de ações sociais que promovam a melhoria dos padrões de vida em sociedade, garantindo a aplicação dos valores democráticos e de cidadania com a práxis universitária.

Vale aqui a reflexão e destaque de que na proposta de formação, para evitar que os egressos se tornem meros reprodutores de ideias e conhecimentos adquiridos ao longo do curso, são trabalhadas competências e habilidades, gerais e específicas, que lhes permitem uma atualização contínua e permanente para que possam assim contribuir para a aplicação do conhecimento às exigências novas resultantes de transformações da realidade.

Para tanto e, alicerçado pelos dispositivos legais, o perfil profissional do egresso tem como base uma formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, qualificando-o para o exercício de Psicologia em diversos contextos, considerando as necessidades sociais e os direitos humanos, com base no conhecimento científico e intelectual adquirido e pautado em princípios éticos, de modo a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde psicológica e psicossocial.

O núcleo comum da formação em Psicologia estabelece uma base homogênea para a formação no País e uma capacitação básica para lidar com os conteúdos da Psicologia, enquanto campo de conhecimento e de atuação.

O egresso deve ser capaz, ainda, de tomar iniciativas, gerenciar e administrar força de trabalho, recursos físicos e materiais e de informação, bem como estarem aptos a liderar equipes de trabalho.

Ao final do seu percurso acadêmico, estes, além de cidadãos qualificados e críticos, devem também atuar na transformação da sociedade de maneira humana, eclética, ética, com visão globalizada dos aspectos socioambientais e culturais, científica e cidadã, reconhecendo a importância do aprimoramento profissional com bases científicas relacionadas às diferentes áreas de formação, a partir do desenvolvimento das competências e habilidades gerais e específicas que lhes permitam uma atualização contínua e permanente.

Para tanto, deve ser capaz de exercer sua profissão, inserido no contexto social, acompanhar a evolução do conhecimento em sua área, ser comprometido com o desenvolvimento regional e com as questões ligadas à sustentabilidade social e ambiental. Além de identificar e exercer sua profissão de acordo com as demandas locais, regionais e nacionais, bem como trabalhar em equipe interdisciplinar e multiprofissional.

Assim, o Curso de Psicologia se propõe a contribuir com a formação do acadêmico do UNIFSJ a partir de ações de caráter acadêmico-científica, ética, sociocultural, artística e moral, de modo a oferecer condições reais de aplicação e desenvolvimento dos objetivos delineados para o Curso, sem perder a função filosófico-pedagógica pautada nos pilares: o saber ser (a partir das características pessoais que o acadêmico deve ter), o saber (enquanto formação, a experiência profissional e escolar que o acadêmico deve ter, em outras palavras, o currículo), o fazer (que compreende o papel que o acadêmico vai desempenhar no cargo, associados a características do cargo e/ou tarefas a serem realizadas) e o saber conviver (que define as atitudes e comportamentos de convivência que o acadêmico deve ter na vida de relacionamento).

Nesse sentido prima-se por uma formação que viabilize ao acadêmico exercer a prática profissional com competência, dignidade, responsabilidade e autonomia, nesta sociedade plural e complexa, marcada por valores culturais diferentes e maneiras diversas de organização política e social, provendo-lhe uma verdadeira visão da realidade em que irá atuar, assim como uma compreensão crítica de sua práxis, possibilitando-lhe tomada de decisões que ocorram por opção e não por falta de alternativas.

Outrossim, o UNIFSJ tem a preocupação de formar profissionais dotados de tais competências e habilidades, ciente de que estará formando um profissional moderno apto para ingressar no mercado de trabalho.