logo fundação são josé
Portal do Aluno

Letras – Inglês

Imagem Letras – Inglês

Denominação

O curso de Letras confere ao graduado diploma de licenciado em Letras

Habilitação – Inglês

Sobre o curso

O Curso de Letras, do Centro Universitário São José de Itaperuna, centra-se no âmbito da Educação e das Ciências Humanas, por isso põe em relevo a relação dialética entre a objetividade da sociedade moderna e o cultivo de valores humanistas, e tem por princípio formar profissionais competentes, em termos de (in)formação e autonomia, capazes de lidar de forma sistemática, reflexiva e crítica com temas e questões relativos a conhecimentos linguísticos e literários, em diferentes contextos de oralidade e escrita.

No intuito de aproximar o profissional de sua realidade, bem como de instrumentalizá-lo com habilidades e competências necessárias a sua atuação junto à comunidade, e também, em respeito às Diretrizes Curriculares Nacionais, o Curso de Letras centra-se no aluno como sujeito da aprendizagem, e apoia-se no professor como facilitador e mediador do processo de ensino e aprendizagem buscando a formação integral e adequada, por meio de uma articulação entre o ensino, a pesquisa e a extensão.

A realidade do município e região, no que se refere à educação, inscreve o município e cidades vizinhas por absorver os profissionais graduados em Letras, visto que é grande o número de escolas públicas e particulares, com exigência de profissionais habilitados para exercer a função de forma ética e eficaz. Ademais, a Licenciatura corresponde ao perfil do trabalhador em nível de terceiro grau tanto no município quanto na região. Daí a necessidade de se ter no município o curso de graduação em Letras, que proporciona formação de qualidade aos que desejarem ingressar no mercado de trabalho na área.

O curso visa formar um profissional capaz de atuar na sociedade de forma crítica, tomar decisões e implantar soluções para os problemas, atuando com ética profissional, compreensão da realidade social, cultural e econômica de seu meio. Contribui, portanto, no atendimento das necessidades da região de sua abrangência, bem como das demais regiões em que estão inseridos os futuros egressos.

Para realização de uma prática efetiva, o Centro Universitário São José de Itaperuna está vinculado à Escola de Aplicação – mantida pela Fundação Educacional e Cultural São José -, que oferece espaço acadêmico para realização de práticas pedagógicas exigidas pelo curso de Letras, além de parcerias com a Secretaria Estadual de Educação para realização de estágios supervisionados em escolas públicas do município.

Assim posto, o compromisso social se justifica pelas seguintes razões: a exigência de profissionais com competência técnica e humanística para atender as demandas da área da educação, capazes de desempenhar as competências e habilidades necessárias para operar competentemente com e sobre o seu objeto de estudo/trabalho, ou seja, a interação linguística; capacitados, também, para lidar com as demandas profissionais na região sócio-político-educacional e geográfica em que a instituição está inserida.

Atos Legais

Reconhecimento Decreto Nº 75.514 de 19/03/1975 D.O.U 20/03/1975

Renovação de Reconhecimento Portaria MEC nº 763/2017

Número de Vagas

35 vagas semestrais

Turno de funcionamento

Noturno

Carga horária total do curso

3250 h

Tempo de Integralização

8 semestres

Modalidade

Presencial

Objetivos do curso:

O Curso de Letras do UNIFSJ, ancorado nas legislações pertinentes, está inserido na política das atividades educacionais definidas pela instituição, visando à formação humanística, científica e tecnológica de profissionais que possam atender às necessidades emergentes da Educação em seus âmbitos municipal , estadual e federal.

A estrutura curricular do curso apresenta condições plenas para alcançar as competências e habilidade pertinentes ao curso, já que apresenta flexibilidade e articulação da teoria com a prática profissional.

Assim, Curso de Letras do Centro Universitário São José de Itaperuna propõe-se a:

a) formar profissionais interculturalmente competentes, capazes de lidar de forma crítica, com as linguagens, especialmente a verbal, nos contextos oral e escrito, e conscientes de sua inserção na sociedade e das relações com o outro;

b) oferecer uma formação sólida na área de língua e literatura, na habilitação escolhida, oportunizando a experiência com o ensino, a pesquisa e a extensão, e incentivando a articulação com outros cursos de graduação e com a pós-graduação na área;

c) criar oportunidades pedagógicas que propiciem o desenvolvimento da autonomia do acadêmico quanto à resolução de problemas, tomada de decisões, trabalho em equipe, comunicação, dentro da multidisciplinaridade dos diversos saberes que compõem a formação universitária em Letras;

d) facultar ao acadêmico, portanto, opções de conhecimento e de atuação no mercado de trabalho;

e) priorizar a abordagem pedagógica centrada no desenvolvimento da autonomia do acadêmico e promover, dessa forma, a articulação constante entre ensino, pesquisa e extensão, além da articulação direta com a pós-graduação.

f) fazer uso de novas tecnologias da informação e comunicação como ferramenta didático-pedagógica;

g) compreender sua formação profissional como processo continuo, autônomo e permanente;

h) refletir criticamente sobre a linguagem como fenômeno psicológico, educacional, social, histórico, cultural, político e ideológico.

i) capacitar os egressos no domínio dos conteúdos básicos, dos métodos e técnicas pedagógicas que são objeto de ensino-aprendizagem objetivando a transmissão do conhecimento para os diferentes níveis de ensino.

Está estruturado sob a relação tríade entre objetivos, a matriz curricular e o perfil profissional do egresso, atrelados ao contexto educacional regional/nacional, visando, através dos conteúdos curriculares, promover aquisição de conhecimentos pontuais com vistas a uma práxis qualitativa enquanto profissional da área de Letras.

Perfil profissional do egresso

O Centro Universitário São José de Itaperuna – UNIFSJ atento às transformações políticas, econômicas e sociais e à consequente emergência de um novo paradigma social, compreende a necessidade de um novo perfil para o profissional em Letras, já que de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais sua formação deve direcionar-se para a aprendizagem de visão humana, holística, ética e ecologicamente responsável, que lhe possibilite desenvolver ações profissionais para atingir objetivos sem comprometer a integridade e a estrutura dos valores sociais. Para tanto, deve ser capaz de exercer sua profissão, inserido no contexto social, acompanhar a evolução do conhecimento em sua área, ser comprometido com o desenvolvimento regional e com as questões ligadas à sustentabilidade social e ambiental. Deve também ser capaz de identificar e exercer sua profissão de acordo com as demandas locais, regionais e nacionais, bem como trabalhar em equipe interdisciplinar e multiprofissional.

Portanto, o perfil do egresso em Letras – habilitação Inglês – tem como proposta uma formação acadêmica que desenvolva profissionais socialmente responsáveis, conscientes de que estão inseridos em uma sociedade pela qual precisam zelar.

O licenciado em Letras atua, para tanto, em áreas diversas, e para isso o curso imputa-lhe uma autonomia intelectual que lhe possibilita a capacidade de operar como professor, como pesquisador, ou em outras dimensões da produção/recepção de textos, ou seja: como revisor e redator de textos, prestando assessoria/consultoria em projetos de desenvolvimento de estudos linguístico-literários e atividades pedagógicas, na organização e elaboração de material didático, organizando, planejando e executando cursos na área.

Ademais, a importância do acompanhamento de egressos significa investigar suas trajetórias profissionais, a partir de suas realidades pessoais, acadêmicas e sociais, numa busca de dados relevantes, que contribuirão para a melhoria da qualidade de ensino e atualização dos cursos de graduação, de extensão e de pós-graduação, além da revisão dos projetos de ensino, pesquisa e extensão.